Saneamento

Seminário de MS traz experiência do Ceará no saneamento A Agência Reguladora do Ceará (ARCE) participa do 1° Seminário do Conselho Estadual de Serviços Públicos no Mato Grosso do Sul, entre os dias 17 e 18 de abril, em Campo Grande. A palestra, cujo tema é “A Regulação na Área de Saneamento”, será ministrada pelo coordenador do setor de saneamento básico da ARCE, Alexandre Caetano.

Expedição vai analisar água de sete rios brasileiros até 2007 Araguaia, Guaporé, Verde, Grande, Miranda (imagem), Ribeira e Ibicurí são os sete rios escolhidos para terem suas águas colhidas e analisadas até o final de 2007. Trata-se do projeto Brasil das Águas – Sete Rios, uma expedição patrocinada pela Petrobrás e liderada pelo engenheiro Gérard Moss e sua esposa, a escritora e fotógrafa Margi Moss.

Transposição do Rio São Francisco fica no papel A Maior promessa de obra do governo Luiz Inácio Lula da Silva, o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco está parado desde o fim do ano passado, corre o risco de não sair do papel antes do início do processo eleitoral e dificilmente o presidente terá o que mostrar até o fim do seu mandato.

Plano Nacional de RH vai nortear uso racional da água até 2020 O PNRH, elaborado durante dois anos e meio pelo governo federal com a participação dos governos estaduais e municipais e também membros da sociedade civil e usuários de recursos hídricos, vai nortear as ações para o uso racional da água até 2020.

Programa Pantanal vai priorizar investimentos em saneamento básico O novo "Programa Pantanal", que será tocado com recursos próprios do Governo do Estado e do Ministério do Meio Ambiente, irá priorizar os investimentos em saneamento urbano na Grande Cuiabá (MT) e no tratamento de resíduos sólidos nos municípios que formam a Baixada Cuiabana. A proposta elaborada dentro de uma nova realidade regional prevê a aplicação de R$ 20 milhões, ainda este ano.

Má gestão e corrupção prejudicam o acesso ao saneamento no mundo Um de cada cinco habitantes do planeta não tem acesso à água potável e 40% da população mundial não dispõem de sistemas básicos de saneamento, resultado creditado em grande parte à deficiente gestão política dos governos nesta matéria e à corrupção, segundo o Informe da ONU divulgado no dia 9 de março de 2006.

Fórum Mundial destaca a gestão de água Entre os dias 16 e 22 de março acontece na cidade do México o IV Fórum Mundial das Águas. O encontro dará prioridade este ano às experiências locais de gestão para enfrentar os desafios globais pela qualidade e quantidade de água no futuro. A iniciativa é do Conselho Mundial da Água e reunirá nomes internacionais para troca de informações e idéias sobre a gestão da água.

Até fim de 2006 Programa Pantanal apresenta novo projeto Crédito extraordinário para saneamento, Avaliação Ambiental, Programa de Educação Ambiental e gestão da Reserva da Biosfera devem acontecer este ano. Em entrevista, o coordenador nacional do Programa Pantanal, Paulo Guilherme Cabral, disse que em 2007, quando acontece a construção do Plano PluriAnual (PPA) 2008-2011, governos e sociedade tentarão negociar a inclusão do novo projeto do programa.

Municípios e Estados têm até 10/03 para pedir recursos ao Ministério... O Ministério das Cidades prorrogou o prazo para que governos municipais e estaduais enviem pedidos de investimento em Habitação, Saneamento, Mobilidade Urbana, Planejamento e Gestão Urbana. Até a próxima sexta-feira, 10 de março de 2006, os formulários com os projetos devem ser preenchidos e encaminhados exclusivamente pela página eletrônica do Ministério na internet.

Saneamento é qualidade de vida Por Engenheiro Jorge Fortes , ex-presidente da RioUrbe( 2001-2005) Em 1861, o Rio de Janeiro se transformou na 5ª cidade do mundo a dispor de sistema de esgotos sanitários. Após passar por um processo de tratamento químico e a decantação dos rejeitos sólidos, os despejos eram lançados diretamente na Baía de Guanabara. O processo, eficiente para a época, perdeu força já no início do século XX.

| Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | Próxima |