Menu
Receba novidades no seu email

Após seis anos de luta, colônia de pescadores de Anastácio/MS conquista área da União

A área de 10,5 hectares, localizada às margens do rio Aquidauana, proporcionará a construção de um porto para os pescadores, além de projetos para criação de hortas, viveiros e tanques para iscas. A cerimônia ocorrerá dia 25 de maio.

SPU-anastacio-pescadores
Publicado em 19 de maio de 2016 às 16:19 Compartilhar:

Da Redação

SPU-anastacio-pescadores

Foto: Divulgação

Após seis anos de luta, os pescadores da Colônia de Pescadores Profissionais Artesanais de Anastácio/MS finalmente conquistaram o direito a um imóvel da União, de 10,5 hectares, localizado no município e às margens do rio Aquidauana. A cerimônia de posse está marcada para o dia 25 de maio, às 14h. Eles já se mobilizaram para a limpeza do local.

A vitória proporcionará a construção de um porto, uma das principais reivindicações para a utilização da área, que estava abandonada há anos. Segundo o presidente da associação, Aparecido Carlos dos Santos Milan, o esforço valeu a pena. “Antes a gente tinha que ficar usando outro porto numa área que não é nossa e que não temos livre acesso, mas agora vamos poder ter um porto só nosso. É uma grande conquista.”.

Saiba mais:

Colônias de pescadores de MS se unem para impedir proibição da pesca

A Pesca Profissional Artesanal no Pantanal Norte Mato-Grossense Brasil

limpeza-area-uniao-pescadores-3

Pescadores realizam a limpeza da área. Foto: Divulgação

Alguns projetos para o local também envolvem a criação de hortas comunitárias, viveiros de mudas, além de tanques para iscas. “Na época da enchente nós não conseguimos pegar isca, então produzindo a nossa própria isca vai melhorar muito, inclusive a nossa alimentação”, afirma o presidente.

Moradores realizam a limpeza da área

Foto: Divulgação

Confira o convite recebido pela Ecoa para a solenidade de entrega da área:

convite-solenidade

Compartilhar: