Menu
Receba novidades no seu email

BNDES aprova 1º financiamento para geração de energia solar, de R$ 529 milhões

Projeto de geração de energia solar terá cinco usinas fotovoltaicas e potência instalada total de 150 megawatts (MW)

Foto: Divulgação
Publicado em 12 de maio de 2017 às 15:35 Compartilhar:

Via UOL
Por Vinicius neder

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira, 11, a aprovação de empréstimo de R$ 529,039 milhões para o Complexo Solar Pirapora, em Minas Gerais, empreendimento da EDF Energies Nouvelles, filiado do grupo estatal francês, e da Canandian Solar (CSI), fabricante de módulos solares.

“O Complexo Solar Pirapora é o primeiro projeto de geração de energia solar financiado pelo BNDES”, informou o banco de fomento, em nota.

Segundo o BNDES, o Complexo Solar Pirapora tem cinco usinas fotovoltaicas e potência instalada total de 150 megawatts (MW). A potência fotovoltaica instalada é de 191 megawatts picos (MWp). Cada usina tem potência instalada de 30 MW e sistema de transmissão associado.

“Segundo a presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, em conformidade com seu papel de indutor do desenvolvimento econômico, em especial de projetos com externalidades positivas – no caso a ambiental – o banco destina as melhoras condições de crédito e projetos de energias renováveis”, diz a nota divulgada pelo BNDES.

No caso, as “melhores condições” incluem o valor total do empréstimo que será cobrado com a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP, hoje com 7,0% ao ano). “Considerando o montante previsto de emissão de debêntures incentivadas de infraestrutura, no valor de até R$ 220 milhões, a alavancagem total do projeto alcançará 79,6% do total dos investimentos previstos”, diz a nota do BNDES.

Ainda conforme o BNDES, a energia do Complexo Solar de Pirapora foi comercializada no Ambiente de Contratação Regulado (ACR) durante o 7º Leilão para Contratação de Energia de Reserva, realizado em agosto de 2015.

Compartilhar: