Menu
Receba novidades no seu email

CerraPan participa do 13° Festival América do Sul Pantanal (#FASP2016)

A CerraPan está comercializando seus produtos no stand do Pantanal Criativo. Confiram!

CerraPan2
Publicado em 14 de novembro de 2016 às 21:19 Compartilhar:

Da redação

CerraPan2

A CerraPan – Produtos do Cerrado e Pantanal, está participando desde o dia 11.11 do 13° Festival América do Sul Pantanal, que está acontecendo em Corumbá-MS expondo e comercializando alguns de seus produtos.

A CerraPan é uma Rede de Associações que tem por objetivo melhorar a cadeia produtiva, fortalecendo o trabalho coletivo e a capacidade de processamento dos frutos nativos, com respeito à biodiversidade e a sazonalidade da produção.  Os principais frutos processados são laranjinha-de-pacu (Pouteria sp); bocaiuva (Acrocomia sp); e baru (Dipteryx sp).

No stand do Pantanal Criativo, estão sendo comercializados os seguintes produtos: geleias de bocaiuva e laranjinha-de-pacu, além das farinhas, pães e biscoitos derivados de bocaiuva. E já podemos dizer que está sendo um sucesso de vendas! Um dia antes de terminar o #FASP2016 todos os produtos já haviam sido vendidos. Hoje (14/11), o último dia do festival, as mulheres da Rede estão produzindo novos produtos para reabastecer o espaço e mesmo atender as demandas recebidas dos consumidores que estiveram no festival ontem.De acordo com a consultora Vanessa Spacki, os produtos regionais e de qualidade são a marca da CerraPan, e este grande sucesso no Festival América do Sul (#FASP2016), abre novas possibilidades de mercado e de divulgação. Tendo claro que os produtos apresentados pela CerraPan no “Pantanal Criativo” são produtos nutritivos e funcionais que brincam com as memórias de infância dos Pantaneiros e com a curiosidade dos visitantes.

Ainda no FASP2016, mais precisamente no evento paralelo “Festival Gastronômico Sabores das Américas” (#Fegasa2016), o chef Paulo Machado utilizou a farinha de bocaiuva para compor o prato principal que foi apresentado aula show que aconteceu dia 11 sexta-feira.  Paulo Machado é um dos grandes incentivadores dos produtos regionais, e inclusive elogiou os produtos da CerraPan.

whatsapp-image-2016-11-14-at-11-27-26-1

Para Nathália Eberhardt, também consultora da CerraPan, a participação da Rede no Festival América do Sul é uma constatação sobre o que já observavam durante o tempo de realização do projeto, o potencial de organização das mulheres extrativistas. A habilidade de produzir de maneira sustentável, o conhecimento sobre o meio e sobre as espécies de frutos nativos, a capacidade de desenvolverem seus produtos coletivamente e a oportunidade de contar com apoios técnicos para seus aprimoramentos, através do projeto Rede de Mulheres Produtoras do Cerrado e Pantanal, permitiram chegar a essa conquista que é a participação em um evento internacional e que para a ECOA demonstra o êxito da CerraPan.

CerraPan4whatsapp-image-2016-11-14-at-11-27-21-1

Veja também: As geleias produzidas pela CerraPan na comunidade de Maria Coelho. 

 

Compartilhar: