Menu
Receba novidades no seu email

Falta de transparência do BNDES é questionada por especialistas

Debate durante Fórum Conformidade nos Negócios levanta questões sobre falta de transparência do BNDES

bndes-debatefolha
Publicado em 11 de abril de 2017 às 14:23 Compartilhar:

Via Folha de S. Paulo
Por Anna Rangel

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é tão transparente quanto permitido pela lei, segundo depoimento da superintendente da área de controladoria da instituição, Vania Borgerth, durante debate promovido pela Folha, em São Paulo, na terça-feira, 10.

Foto: Keiny Andrade via Folhapress

Foto: Keiny Andrade via Folhapress

De acordo com Borgerth, o BNDES assim como outros bancos, está sujeito à legislação de sigilo bancário e, portanto, não há interesse na falta de transparência, mas a responsabilidade de proteger o que é previsto na norma.

Durante a discussão realizada no Fórum Conformidade nos Negócios, o promotor e presidente do Instituto Não Aceito Corrupção, Roberto Livianu, apresentou as ressalvas quanto a pouca prestação de contas do banco estatal segundo a opinião pública.

“É banco, mas é dinheiro público, e as pessoas têm que saber onde estão sendo investidos seus impostos. Não há muita clareza sobre o destino desses valores, que podem ir contra as expectativas da sociedade”, comentou Livianu.

Os debatedores propuseram que uma alternativa em relação as mecanismos de transparência, seria pedir às empresas que divulguem quem são seus lobistas, com relatórios anuais das despesas relacionadas à atividade.

Estiveram também presentes no Fórum Conformidade nos Negócios, o professor de direito comercial da Universidade de São Paulo (USP) Carlos Portugal Gouvêa e o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins.

Para saber mais informações sobre o debate, acesse a Folha.

Compartilhar: