Menu
Receba novidades no seu email

Ponte de Porto Esperança, em Corumbá, é tombada como Patrimônio Histórico

O monumento se uniu a outros dois da cidade já tombados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o Forte Coimbra e o Casario do Porto.

SONY DSC
Publicado em 20 de março de 2016 às 13:17 Compartilhar:

SONY DSC

A ponte ferroviária Eurico Gaspar Dutra, localizada em Porto Esperança (Corumbá), foi tombada em definitivo como patrimônio histórico brasileiro. O monumento se uniu a outros dois da cidade já tombados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o Forte Coimbra e o Casario do Porto. A publicação que anuncia o tombamento definitivo saiu no Diário Oficial da União em 18 de março.

O reconhecimento da ponte como patrimônio histórico aconteceu em 2011 e somente agora foi enfim listada no livro de Tombo Histórico, livro do Tombo das Belas Artes e no livro do Tombo Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico. A ponte construída sobre o Rio Paraguai, tem 2 quilômetros de extensão e foi inaugurada em 1947, fazia a ligação entre o Brasil e a Bolívia. A partir dessa publicação fica proibida a demolição do monumento histórico.

Fonte: Capital do Pantanal

Compartilhar: