Menu

Um olhar mirim sobre o Pantanal

Alison vive em uma comunidade pantaneira ribeirinha e fotografou situações presentes em seu cotidiano

_DSC0648
Publicado em 13 de setembro de 2017 às 15:24 Compartilhar:

2 de maio de 2017, na Serra do Amolar, Pantanal.

Alison fotografa cenas de seu cotidiano (Foto: Iasmim Amiden)

Alison fotografa cenas de seu cotidiano (Foto: Iasmim Amiden)

Dia ensolarado, vamos ao Aterro do Binega conversar com moradores da comunidade da Barra do São Lourenço e a princípio para saber quais foram os primeiros impactos positivos da nova casa, construída pela Ecoa junto aos comunitários, para fazer frente aos eventos climáticos extremos que ocorrem na região pantaneira.

Entre conversas, faço alguns registros fotográficos das famílias que ali vivem e sinto-me cercada por novos olhares, que começo a observar. São olhares jovens, exaustos e curiosos. Dentre os quais estava o de Alison, um pequeno garoto que suspirava silêncios enquanto se atentava a câmera que segurava.

Perguntei a criança se havia interesse em saber fotografar, portanto, registrar e guardar para sempre algumas coisas que o marcam cotidianamente. Ele sorri.

Coloco a câmera sobre um tripé e explico como se usa. Claro que, utilizo de conceitos básicos da fotografia amadora para que Alison sinta confiança em manusear o equipamento. Digo a ele que fui também ensinada aos poucos e que o olhar fotográfico está para aquele que vê com o coração. Ele sorri um pouco mais que antes.

Deixo então ele sozinho com a câmera enquanto trabalho, descanso, almoço e passeio…

Cinco da tarde, o sol já se escondia e peço gentilmente o equipamento fotográfico de volta. Explico que volto em breve para conversarmos um pouco mais sobre a fotografia. Quando então olho para as imagens que Alison registrou, ambos sorrimos. Em seus olhares de menino, refletiam as cenas que marcam seu cotidiano nas margens do rio e que foram incrivelmente captados, com sensibilidade única e incomparável.

Aprendi com Alison que a fotografia não é uma janela para o mundo, mas o retrato dele, do que há de singular para cada um que o registra. No mundo de Alison existem rios, família, cores e Pantanal, que belamente captou. Injusto seria esconder seu mundo. Hoje o trago para vocês. Veja nas lindas fotografias feitas por Alison.

 

 

iasmimPor Iasmim Amiden (Ecoa – Ecologia e Ação)
Iasmim é jornalista, graduada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e 
coordena o Programa Oásis de proteção aos polinizadores, da Ecoa

Compartilhar: